Dados do Acervo - Dissertações

Número de Chamada   
 
CETD    UFSC    PPSI    0106   
Autor Principal Barboza, Daiani
Demais autores Zanella, Andrea Vieira, orientadora
Autor(es) Entidade(s) Universidade Federal de Santa Catarina . Programa de Pós-Graduação em Psicologia .
Título Principal O movimento de potência e/ou impotência de ação dos catadores de material reciclável de Criciúma/SC no que se refere à construção da sua cidadania [dissertação] / Daiani Barboza ; orientadora, Andréia Vieira Zanella. -
Publicação Florianópolis, 2003.
Descrição Física 1 v. : tabs; il ; 30cm
Notas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Bibliografia : 170-173.
Notas de Resumo Nesta pesquisa, investigou-se o movimento de potência e/ou impotência de ação dos catadores de material reciclável de Criciúma/SC, no que se refere à construção de sua cidadania. Para tal, foram acompanhados os sujeitos que participaram do processo de constituição de uma associação dos catadores (RECESC), fomentado mediante assessoria de um trabalho de extensão universitária. Como procedimentos de coleta de dados, realizou-se, inicialmente, um reconhecimento psicossocial da realidade dos catadores de material reciclável com 14 sujeitos, através de questionários, bem como foram elaborados diários de campo de visitas domiciliares da pesquisadora aos sujeitos investigados. Outro procedimento utilizado foi a gravação em áudio de reuniões dos catadores com a assessoria no período de novembro de 2001 a julho de 2002, das quais foram selecionadas onze para análise. Para a análise da participação dos sujeitos nos encontros, recorreu-se à análise de conteúdo da seguinte forma: após leitura exaustiva das transcrições das fitas, procedeu-se a categorização das falas e construção de tabelas individuais para cada sujeito em cada reunião. Foram criadas nove categorias que explicitam a participação dos catadores nas reuniões e seu movimento de potência e/ou impotência de ação. Por fim, foram feitas tabelas que expressam e dão visibilidade à participação dos sujeitos nos 11 encontros. Para enfocar e analisar a mediação da assessoria e a relevância de seu papel social nesse movimento, recorreu-se a análise microgenética, numa perspectiva histórico-cultural, de um dos encontros. Essa análise permitiu visualizar o intenso e tenso movimento do grupo, tanto por parte da assessoria como dos associados, o que explicitou a importância da dimensão das emoções e da afetividade na construção de uma ação coletiva. Os diários de campo elaborados pela pesquisadora também constituíram elementos para a análise dos dados e contribuíram significativamente na compreensão do fenômeno estudado. Com a pesquisa, pôde-se refletir criticamente sobre os objetivos propostos, considerando-se a dialeticidade e a complexidade do processo. No tocante aos resultados dessa investigação, cabe dizer que os catadores vivem uma condição de sofrimento ético-político em decorrência das suas condições existenciais, o que contribui para um movimento de impotência de ação na construção de sua cidadania. Entretanto, em seu cotidiano, os catadores constroem estratégias que são indicadores da sua potência de ação e cujas iniciativas dizem respeito à luta pela sobrevivência aliada às estratégias de resistência às diversas formas de espoliação em que se encontram implicados. Tais questões rompem com concepções reducionistas e estigmatizadoras que julgam os pobres como meramente passivos e acomodados, o que implica num processo de desqualificação em torno destes sujeitos. A pesquisa também mostrou que a mediação da assessoria, associada ao desejo dos catadores de mudarem de condições de vida, contribuiu para sua potência de ação, cujo movimento não é unilateral, nem ascendente e/ou previsível: depende das condições concretas de existência enfrentadas por eles, dos vínculos afetivos e sociais, do sentimento de (des)qualificação social, dos sentidos construídos sobre as possibilidades de superação de sua condição de exclusão, bem como das estratégias adotadas para a ação coletiva e do engajamento no processo. Portanto, o movimento de potência e/ou impotência de ação dos catadores de material reciclável na construção de sua cidadania é complexo, dialético e multifacetado.
Numero de Controle local 199569
Número controle Bibliodata SC000716678
Assuntos Psicologia
Lixeiros
Materiais recicláveis
Cidadania