Dados do Acervo - Dissertações

Número de Chamada   
 
CETD    UFSC    PPSI    0111   
Autor Principal Giacomozzi, Andréia Isabel
Demais autores Camargo, Brigido Vizeu, orientador
Autor(es) Entidade(s) Universidade Federal de Santa Catarina . Programa de Pós-Graduação em Psicologia .
Título Principal Confiança no parceiro e proteção frente ao HIV [dissertação] : estudo de representações sociais / Andréia Isabel Giacomozzi ; orientador, Brígido Vizeu Camargo. -
Publicação Florianópolis, 2004.
Descrição Física 1 v. ; 30 cm
Notas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Inclui bibliografia.
Acesso Eletrônico http://www.tede.ufsc.br/teses/PPSI0111.pdf
Notas de Resumo O presente estudo refere-se às representações sociais de mulheres, com e sem parceiro fixo, sobre sexualidade e prevenção da Aids. A incidência de Aids tem aumentado entre indivíduos com relações heterossexuais estáveis em regime de conjugalidade, e em se tratando de mulheres, a maioria tem se contaminado através do parceiro. O objetivo da pesquisa foi verificar como as mulheres com e sem relacionamento fixo elaboram suas representações sociais sobre Aids e se isso tem repercussão nas suas práticas de prevenção frente a esta doença. Tratou-se de um estudo descritivo, comparativo, no qual foi empregada a técnica de observação indireta através de entrevistas "semidiretivas". Foram entrevistadas 20 mulheres que mantinham relações fixas em regime de conjugalidade no momento da entrevista e 20 mulheres que estavam sem parceiro fixo, totalizando ao todo 40 mulheres entrevistadas entre 30 e 40 anos. Para a análise do material coletado, foi utilizado um software de análise quantitativa de dados textuais (ALCESTE). Os resultados demonstraram que as mulheres com parceiro fixo consideram a prevenção da Aids algo necessário para todas as pessoas exceto para elas mesmas que se consideram seguras em suas relações conjugais, em virtude de um sentimento de confiança no parceiro. Verificou-se também que as entrevistadas sem parceiro fixo sentem-se mais vulneráveis frente a Aids e portanto utilizam preservativo em todos os seus envolvimentos sexuais eventuais.
Numero de Controle local 200096
Número controle Bibliodata SC000721191
Assuntos Psicologia
Mulheres
Sexo (Psicologia)
Representações sociais
AIDS (Doença) - Prevenção