Dados do Acervo - Dissertações

Número de Chamada   
 
CETD    UFSC    PPSI    0117   
Autor Principal Cardoso, Luiz Antônio
Demais autores Zanelli, Jose Carlos, orientador
Autor(es) Entidade(s) Universidade Federal de Santa Catarina . Programa de Pós-Graduação em Psicologia .
Título Principal Influências dos fatores organizacionais no estresse de profissionais bombeiros [dissertação] / Luiz Antônio Cardoso ; orientador, José Carlos Zanelli. -
Publicação Florianópolis, 2004.
Descrição Física [122] f. : il., grafs., tabs. ; 30 cm
Notas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Inclui bibliografia
Acesso Eletrônico http://www.tede.ufsc.br/teses/PPSI0117.pdf
Notas de Resumo A pesquisa realizada com os integrantes do Corpo de Bombeiros Militar do Estado Alfa tinha por objetivo a identificação, por meio da percepção dos bombeiros, dos principais fatores organizacionais que estavam associados ao estresse profissional, nas suas atividades de trabalho. A investigação sobre o estresse psicológico foi estruturada em duas etapas. A primeira etapa do programa de pesquisa foi desenvolvida com a aplicação do Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp - ISSL (1998). O instrumento de pesquisa serviu para a identificação dos sintomas e os níveis (fases) de estresse na amostra de bombeiros que desempenhavam atividades operacionais e administrativas, em cinco locais diferentes dos municípios "A" e "B". Na segunda etapa da pesquisa foi utilizada a técnica de entrevista semi-estruturada com 28 bombeiros identificados com sintomas de estresse, os quais foram reunidos em cinco grupos-alvo, conforme as fases de estresse em que se encontravam. O roteiro da entrevista semi-estruturada foi elaborado com base nos fatores do modelo teórico de Maslach e Leiter (1999), utilizados para avaliar o bem-estar das pessoas: trabalho, remuneração, equidade, valores, união e controle. Foram identificados 130 bombeiros com sintomas de estresse, dentre os 235 participantes da pesquisa, com a distribuição das ocorrências nas quatro fases do ISSL. Os resultados mostraram que 55,31 % dos bombeiros com estresse eram profissionais com a idade média de 37,7 anos e com tempo médio de serviço de 16 anos. A análise do conteúdo informacional reportado pelos bombeiros participantes dos cinco grupos-alvo destacou o fator das relações de trabalho, a sobrecarga de serviço, a qualificação profissional e a falta de um suporte psicológico, como os principais fatores associados ao estresse profissional. O instrumento e a técnica utilizados no desenvolvimento do programa de pesquisa mostraram-se adequados para a identificação dos principais fatores que estavam associados ao estresse profissional em bombeiros nas suas atividades de trabalho.
Numero de Controle local 202485
Número controle Bibliodata SC000733092
Assuntos Psicologia
Stress ocupacional
Bombeiros - Aspectos psicologicos
Trabalho - - Aspectos fisiologicos