Dados do Acervo - Dissertações

Número de Chamada   
 
CETD    UFSC    PPSI    0184   
Autor Principal Santos, Jeane Patrícia dos
Demais autores Botome, Silvio Paulo, orientador
Autor(es) Entidade(s) Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Título Principal Percepções e expectativas de profissionais do campo jurídico sobre a atuação do psicólogo nesse campo de trabalho / [dissertação] / Jeane Patrícia dos Santos ; orientador, Sílvio Paulo Botomé. -
Publicação Florianópolis, 2005.
Descrição Física 177 f. ; 30 cm
Notas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Inclui bibliografia
Acesso Eletrônico http://www.tede.ufsc.br/teses/PPSI0184.pdf
Notas de Resumo A atuação do Psicólogo tem sido objeto de estudo de vários pesquisadores que identificam que há deficiências no que refere à atuação desse profissional, bem como na sua formação. Nesse sentido, há evidências separando as exigências e as necessidades do exercício profissional e a formação oferecida na maioria dos cursos de Psicologia. No entanto, a formação e a atuação do profissional em Psicologia precisa ser construída de forma que esse profissional seja capaz de efetivamente atender a necessidades sociais reais. No campo de trabalho delimitado pela interação entre os fenômenos jurídicos e os psicológicos, há necessidade de verificar possibilidades de atuação existentes e que possam orientar a delimitação de aprendizagens para compor a formação do Psicólogo. A instituição profissional nesse campo de atuação pode ser aperfeiçoada com a descoberta e caracterização dessas necessidades e possibilidades de atuação. Investigar a percepção de profissionais do campo jurídico a respeito do que o Psicólogo lida, pode e precisa lidar e o que é esperado dele em relação ao que acontece no campo de trabalho dos operadores de Direito é um objetivo de pesquisa que pode propiciar um conhecimento significativo para o desenvolvimento da construção do projeto dessa profissão e instituição social. Por meio de entrevistas estruturadas feitas a juízes, promotores e advogados de uma cidade do interior do Estado de Santa Catarina foram coletadas informações sobre os problemas com os quais o Psicólogo vai se defrontar, com quais profissionais deve ser capaz de interagir e outros aspectos do meio jurídico. Os resultados, portanto, mostram que em atuações com profissionais de Direito, os trabalhos realizados pelos psicólogos têm uma perspectiva predominantemente clínica. Esses dados mostram que os tipos de necessidades presentes no campo jurídico requerem uma atuação do Psicólogo que privilegie o comportamento dos indivíduos não apenas com relação aos litígios e suas decorrências emocionais, mas a todo o sistema de interações que envolvem os comportamentos dos agentes relacionados a esses litígios, principalmente antes de os problemas ocorrerem e com os determinantes desses problemas. Há uma grande quantidade de comportamentos profissionais a serem desenvolvidos no processo de formação do Psicólogo para trabalhar nesse campo de atuação e os que foram especificados indicam possibilidades de atuação importantes para o campo profissional da Psicologia no campo jurídico. A partir dos resultados obtidos é possível decompor algumas aptidões importantes para o Psicólogo trabalhar nesse campo e, como tais, atuar frente aos fenômenos psicológicos que ocorrem nos vários âmbitos desse sistema jurídico.
Numero de Controle local 221567
Número controle Bibliodata SC000833941
Assuntos Psicologia
Psicologos
Formação profissional
Psicologia forense
Direito - - Aspectos psicologicos