Dados do Acervo - Dissertações

Número de Chamada   
 
CETD    UFSC    PPSI    0168   
Autor Principal Pizzol, Gustavo Dal
Demais autores Toneli, Maria Juracy Filgueiras, orientadora
Autor(es) Entidade(s) Universidade Federal de Santa Catarina . Programa de Pós-Graduação em Psicologia .
Título Principal Protagonismo juvenil [dissertação] : significações atribuídas por alunos de ensino médio no meio-oeste catarinense / Gustavo Dal Pizzol ; orientadora, Maria Juracy Filgueiras Toneli. -
Publicação Florianópolis, 2005.
Descrição Física ix, 123 f. ; 30 cm
Notas Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Inclui bibliografia
Acesso Eletrônico http://www.tede.ufsc.br/teses/PPSI0168.pdf
Notas de Resumo Alunos de ensino médio conhecem o protagonismo juvenil? Que concepção(ões) de adolescência apresentam? Parte-se do pressuposto de que as significações atribuídas aos adolescentes interferem diretamente nas relações sociais estabelecidas, particularmente entre eles e os adultos. O protagonismo juvenil concebe o jovem como ator principal em ações relativas ao bem comum. Os sujeitos desta pesquisa foram seis adolescentes de camadas médias e populares, de uma escola de ensino médio da rede pública. Os dados foram coletados por meio de entrevista semi-estruturada. Nos resultados, é relevante pontuar que o fenômeno pesquisado pode ser definido como protagonismo juvenil, participação social dos jovens, ou mesmo como a concepção de "jovem cidadão" (Krauskopf, 2000). Entretanto, é possível notar que, muitas vezes, os próprios jovens revelam possuir uma visão 'negativa' sobre adolescência. Enquanto conceito, o protagonismo sugere a adoção de uma visão positiva sobre os jovens; o abandono de conceitos estigmatizantes / homogeneizantes / naturalizantes / reificados de adolescência / juventude; a abertura de espaços participativos que favoreçam o exercício da cidadania juvenil; e o diálogo intergeracional. Conclui-se que o protagonismo juvenil obteve uma avaliação favorável. No entanto, alguns jovens parecem não desejar muita responsabilidade. Nesse sentido, talvez o próprio termo protagonismo mereça uma avaliação minuciosa. Etimologicamente, a palavra protagonismo vem de protagonista, que significa 'o ator principal'. Após questionar a hierarquia intergeracional parece, por melhor que seja a intenção, contraditório colocar o jovem como 'o ator principal'.
Numero de Controle local 221596
Número controle Bibliodata SC000833781
Assuntos Psicologia
Adolescencia
Adolescentes
Percepção
Participação social
Cidadania